Grupo utiliza máscaras de palhaço durante assalto a barraca de cachorro-quente no São Mateus

Grupo utiliza máscaras de palhaço durante assalto a barraca de cachorro-quente no São Mateus

Um vendedor de cachorro-quente, de 51 anos, foi vítima de um assalto na noite dessa quarta-feira, 24, no bairro São Mateus, localizado na região central da cidade.

De acordo com o registro de ocorrências da Polícia Militar (PM), a vítima relatou que se encontrava em sua barraca de cachorro-quente, na Rua Doutor Romualdo, quando foi surpreendida por quatro indivíduos que anunciaram o assalto.

Os autores utilizavam máscara de palhaço, e dois deles estavam com armas de fogo. O grupo roubou duas pulseiras, um cordão e aproximadamente R$1.000 em moeda corrente que estava no caixa. Após o crime embarcaram em um veículo da marca Gol e fugiram do local.

Durante a fuga, o carro foi avistado por uma viatura policial que passou a persegui-lo pelas ruas do bairro Alto dos Passos.

A perseguição seguiu até o bairro Bom Pastor, quando em uma determinada rua, um micro ônibus da polícia realizou um cerco e bloqueio.

Nesse momento os quatro autores saíram do carro, fugiram em direção a uma mata próxima ao local e conseguiram escapar.

O carro utilizado no crime foi abandonado e em seu interior a PM localizou dois simulacros de arma de fogo, duas máscaras, capacetes, boné, luva e outras peças de roupa. Materiais apreendidos e encaminhados para delegacia.

Em consulta ao sistema, a polícia constatou que o carro já foi utilizado em outros crimes, por um indivíduo conhecido no meio policial, morador do bairro Santa Cândida, o qual não foi localizado em sua residência.

O documento do carro encontrava-se em nome de outro indivíduo, que também não foi localizado em sua casa. O veículo foi removido pelo auto-socorro até um pátio.

A PM realizou buscas na região, entretanto os assaltantes não foram encontrados.

A vítima recebeu as orientações em relação às demais providências.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro