Área rural de Leopoldina enfrenta problemas com chuvas e moradores cobram providências

Área rural de Leopoldina enfrenta problemas com chuvas e moradores cobram providências

O município de Leopoldina é cortado pelas rodovias BR-116, BR-267 e BR-120, todas asfaltadas e com intenso fluxo de veículos. As ligações entre a cidade e os distritos de Tebas e Piacatuba contam com asfalto. As comunidades de Abaíba e Providência são acessadas por estradas vicinais, assim como um trecho que faz a ligação com o distrito de Ribeiro Junqueira, e as comunidades espalhadas pela área rural de Leopoldina, como São Martinho, São Lourenço, Palmeiras, dentre outras. Anualmente, apesar dos serviços feitos pelas máquinas do setor público local, ocorrem problemas em decorrência das chuvas, por exemplo, prejudicando sensivelmente a passagem de veículos que transportam pessoas, produções agrícolas, animais, e toda uma variedade de produtos.
Em relação à reclamação sobre buracos nas estradas rurais, o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Rogério Ladeira da Costa, informou que a prefeitura conta com três máquinas motoniveladoras e uma retroescavadeira para cuidar de aproximadamente 2 mil quilômetros de estradas rurais pertencentes ao município de Leopoldina e que uma outra equipe realiza a manutenção de pontes de madeiras (estimadas em mais de 200) e mata-burros, contando com o apoio de um caminhão para o transporte do material utilizado nestas intervenções.
Sobre os problemas na estrada Leopoldina/Abaíba, Costa esclareceu que as equipes estão se esforçando ao máximo para resolver este e outros problemas, lembrando que nas últimas semanas a chuva tem contribuído para o surgimento de buracos e desmoronamentos de encostas, além de dificultar a ação dos trabalhadores do setor.

Da redação/Colaboração José Augusto Cabral

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro