Carnaval deve movimentar R$6,25 bilhões

Carnaval deve movimentar R$6,25 bilhões

Uma estimativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que este será o primeiro ano desde 2015 com aumento da receita gerada no feriado do Carnaval. Nos anos anteriores, o faturamento foi de R$6,14 bilhões (2015); R$6,13 bilhões (2016); R$6,05 bilhões (2017). A previsão para 2018 é de R$6,25 bilhões.

Três setores respondem por 85% do faturamento previsto: alimentação (bares e restaurantes), que deve gerar R$3,6 bilhões; transporte rodoviário, com R$1,03 bilhão; e hospedagem (hotéis e pousadas), com R$705,6 milhões.

Rio de Janeiro (R$1,9 bilhão) e São Paulo (R$1,7 bilhão) devem ser responsáveis por 62% da movimentação financeira no feriado. Minas Gerais também tem sua participação (R$567,6 milhões). Juntos, Ceará, Pernambuco e Bahia vão movimentar nada menos que R$1 bilhão, com destaque para o Ceará, que deve gerar 9,1% mais receita que em 2017.

No Carnaval, todo mundo sai ganhando: quem vai curtir os blocos se diverte e gera aumento na demanda por serviços que deve refletir na contratação de 19,3 mil trabalhadores temporários entre janeiro e fevereiro, número de vagas 8,9% maior que o de 2017 (17,7 mil). Mais uma vez, o setor de alimentação sai na frente com 13,7 mil oportunidades previstas, ou seja, 70% do total.

Fonte: Portal Brasil

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro