JF sedia Festival Varilux de Cinema Francês neste mês

JF sedia Festival Varilux de Cinema Francês neste mês

Filme premiado em Cannes, longa protagonizado por vencedor de Oscar e produção com os atores mais admirados da França. Esses são alguns dos pontos altos da edição 2016 do Festival Varilux de Cinema Francês. Neste ano, o festival ganhará uma semana a mais de exibição em relação à edição anterior – ficará em cartaz de 8 a 22 de junho em 50 cidades brasileiras, inclusive em Juiz de Fora.


Ao todo, a programação contará com 15 filmes inéditos e um grande clássico do cinema francês. O premiado ator francês Omar Sy, que ficou conhecido e admirado mundialmente por sua atuação em “Intocáveis”, poderá ser visto novamente, agora em “Chocolate”, interpretando o primeiro artista circense negro na França da Belle Époque, no filme de Roschdy Zem, que virá ao país para apresentar o longa.


O festival exibirá também o filme, seleção oficial do Festival de Cannes 2015, “Meu Rei”, de Maïwenn, drama com as estrelas Vincent Cassel e Emmanuelle Bercot, premiada com a Palma de Ouro de melhor atriz. E o ator vencedor do Oscar Jean Dujardin volta às telonas em “Um Amor à Altura”, comédia romântica de Laurent Tirard.


O Festival conta ainda com a comédia “Flórida; o drama histórico “Agnus Dei”; a comédia “Lolo, o Filho da Minha Namorada”; o drama “Os Cowboys”. Dentro do diversificado leque de produções francesas, estão ainda na programação a premiada animação “Abril e o Mundo Extraordinário”, vencedor do prêmio Cristal no Festival de Annecy; “O Novato”; “A Corte”, comédia dramática de Christian Vincent e o drama “Um Belo Verão”, de Catherine Corsini, que aborda as questões em torno da liberdade sexual e feminismo na Paris da década de 70.


Completam a lista de filmes, o longa “Marguerite”; o drama de guerra, “Viva a França!”; “La Vanité”, comédia dramática de Lionel Baier com a atriz espanhola Carmen Maura; e “Um Doce Refúgio”, de Bruno Podalydes, que, além de escrever e dirigir, ainda atua no papel principal da comédia.


Como já é esperado pelo público, o festival exibirá ainda um grande clássico francês. O escolhido deste ano é o filme “Um Homem e uma Mulher”, de Claude Lelouch, em homenagem ao seu 50º aniversario de lançamento. O romance com Anouk Aimée e Jean Trintignant foi o vencedor da Palma de Ouro em 1966 e também do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e roteiro original no ano seguinte.


O festival manterá a tradição e promoverá atividades paralelas, desta vez com novidades: pela primeira vez será realizada a “Oficina de Crítica Cinematográfica”, voltada para profissionais mais experientes ou com menos tempo de mercado, que será ministrada no Rio de Janeiro pelo renomado crítico francês Jean-Michel Frodon, ex-diretor da redação da prestigiada revista
“Cahiers du Cinéma”.


A edição 2016 também realizará pelo quinto ano a oficina franco-brasileira de roteiros audiovisuais no Rio de Janeiro, que desta vez será dividida em três temas – roteiros para TV, cinema e comédia e, além disso, ganha uma edição no Recife, na modalidade formatos para televisão.


Para o diretor da Bonfilm e do Festival, Christian Boudier, há muito que comemorar. A edição 2016 do festival iguala o recorde de cidades – 50, ao todo –, mas dobra a duração do evento. “O Festival Varilux já se consolidou como um dos principais eventos incentivador e difusor da cultura francesa no Brasil. O público já reconhece a sua importância e, mais do que isso, espera ansiosamente pela realização do festival. Por isso, ganhar uma semana a mais de exibição é um presente para nós, realizadores, e principalmente, para o fã do bom cinema francês”, comemora.


Maurício Confar, Diretor de Marketing da Essilor/Varilux – patrocinadora desde a primeira edição do Festival Varilux de Cinema Francês há 13 anos, engrossa o coro. “Essa parceria com a Bonfilm tem como objetivo principal levar cultura à população de diversas regiões do país e não somente dos grandes centros urbanos. Além disso, a iniciativa está ligada à questão do olhar humano, que é o nosso foco, além de promover a interação entre as culturas brasileira e francesa”, diz. A programação completa do festival está disponível em http://variluxcinefrances.com/.

Fonte: Assessoria

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro