Edital público selecionará seis projetos musicais

Edital público selecionará seis projetos musicais

A Prefeitura de Juiz de Fora lançou mais um edital para a área de música em Juiz de Fora. O projeto Samba do Ministro é direcionado a artistas, grupos e bandas locais e vai fornecer auxílio financeiro para realização de até seis apresentações de samba, preferencialmente em espaços públicos abertos da cidade. O projeto acontece entre 1º de maio e 30 de setembro, e é promovido pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), por meio da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), em convênio com o Ministério da Cultura/Secretaria de Políticas Culturais, estabelecido a partir de emenda parlamentar da deputada federal Margarida Salomão.


As inscrições são gratuitas e estarão abertas de 7 a 23 de março de 2016, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30. O proponente deverá preencher uma ficha de inscrição e entregá-la, junto com toda documentação exigida, no Setor de Expediente da Funalfa (Avenida Barão do Rio Branco, 2.234 – Centro). O edital completo e a ficha de inscrição estarão disponíveis no site www.pjf.mg.gov.br.


O objetivo do Samba do Ministro é promover a atividade musical no município, incentivar o intercâmbio entre artistas da cidade, destacar e divulgar novos talentos, valorizar a produção local, estimular novas linguagens musicais, incentivar as manifestações culturais de Juiz de Fora, ampliar o acesso do cidadão aos bens culturais e dar visibilidade à vida e obra de Armando Toschi, o Ministrinho.


Os interessados devem apresentar um projeto com repertório formado por samba, com pelo menos metade das músicas sendo obras do compositor juiz-forano Ministrinho – homenageado da primeira edição. Os outros 50% deverão privilegiar outros compositores locais e repertório autoral. No entanto, não é vedada a inclusão de sambas tradicionais que dialoguem com a obra do homenageado ou com o repertório do artista proponente.


Os projetos passarão por uma análise documental. Os habilitados nesta primeira etapa seguirão para a análise da proposta, que vai avaliar: consistência, clareza, objetividade e suficiência das informações apresentadas; exequibilidade da proposta; compatibilidade do currículo da equipe e dos recursos disponibilizados por este edital; relevância para a cultura da cidade; qualificação dos artistas e técnicos envolvidos; descentralização e acessibilidade do projeto.


Cada projeto selecionado receberá R$5 mil para a total execução da proposta. O resultado será divulgado até 5 de abril.

Homenagem a Armando Toschi


Ministrinho, como ficou conhecido Armando Toschi, é um consagrado compositor, instrumentista e cantor, mestre de várias gerações de músicos e sambistas juiz-foranos. Lembrado como um exemplo de amor à cultura de nossa cidade e por sua dedicação à música, que lhe rendeu inúmeros prêmios ao longo da carreira. Fundou a Escola de Samba Turunas do Riachuelo, junto com seus irmãos e amigos, em 15 de janeiro de 1934. A agremiação foi a primeira escola de samba de Minas Gerais e é uma das mais antigas do Brasil em atividade.

Fonte: Assessoria

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro