Disque Denúncia auxilia na prisão e apreensão de 30 mil pessoas em 2015

Disque Denúncia auxilia na prisão e apreensão de 30 mil pessoas em 2015

O Disque Denúncia Unificado (DDU) colaborou, em 2015, com a prisão e apreensão de mais de 20 mil pessoas. De acordo com informações da Secretaria do Estado de Defesa Social (Seds), 79.569 ligações foram recebidas neste ano pelo órgão.
O diretor de Promoção da Modernização Operacional da Seds, Leandro Henrique Batista Almeida, afirmou que, de todas as denúncias, aquelas relacionadas ao tráfico de drogas foram as mais numerosas. “Seguida de crimes ambientais, outras ocorrências para bombeiros, para o Estatuto do Desarmamento e jogos de azar”, explica.
Sobre a identificação do autor da denúncia, Almeida afirma que a pessoa não será identificada de nenhuma forma. “Basta fazer a ligação para o 181 e será repassado um código para esta pessoa. No prazo mínimo de 90 dias, ela poderá entrar em contato com o Disque Denúncia e verificar o andamento da ocorrência, desde que o cidadão repasse o código obtido na primeira ligação. O autor não é identificado de nenhuma maneira, pois não existe bina ou outros mecanismos de identificação”, explica.
A resposta para o andamento das investigações, no entanto, dependerá do trabalho das investigações. “Muitas vezes, a denúncia dependerá de uma investigação mais detalhada, em outras instâncias. Por isso, é necessário que o denunciante aguarde, no mínimo, 90 dias”.
Para a resposta imediata, de acordo com Almeida, o cidadão pode acionar o 190. “Para que a ocorrência seja acompanhada mais detalhadamente, é necessário que a denúncia seja feita para a Polícia Militar (PM), por meio do 190. Porém, neste caso, a pessoa deverá se identificar”. Outras corporações podem ser contatadas como a Polícia Civil (197) e o Corpo de Bombeiros (193).

Dados do Estado


De um total de quase 80 mil denúncias, cerca de 14% foram encaminhadas para a investigação. Apesar de parecer pouco, o percentual vem crescendo, pois em 2012 os dados alcançaram 12%. Isto representa ainda a queda no número de trotes e denúncias inconscientes recebidas pelo órgão.
As ligações mais numerosas, relacionadas ao tráfico de drogas, somaram um total de em 50.112; em seguida, os crimes ambientais alcançaram 5.652 denúncias; outras denúncias para bombeiros estão em 4.982 ligações; Estatuto do Desarmamento recebeu 3.242 e jogos de azar somou 2.623 ligações.
Já em janeiro deste ano, o número de ligações aponta que o volume de denúncias se mantêm. Só neste mês, o órgão recebeu 6.124 denúncias.

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro