SS intensifica ações contra o Aedes aegypti em regiões com maior índice de infestação

SS intensifica ações contra o Aedes aegypti em regiões com maior índice de infestação

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde (SS) intensificou ações de controle vetorial e focal contra o mosquito Aedes aegypti. Elas foram planejadas com base no Levantamento do Índice Rápido (Liraa), divulgado na sexta-feira, 19, que apontou índice de infestação de 3,9%. Os trabalhos estão sendo realizados em diversas regiões da cidade, preferencialmente onde os números foram mais altos e registrados focos positivos, além de outros pontos estratégicos.


O reforço tem sido no sentido de aplicar o inseticida conhecido como “fumacê”. As ações contra o Aedes são de prevenção às doenças provocadas por ele, como dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana. Apesar de Juiz de Fora não ter casos desta última doença, o combate ao vetor evita a reinserção da mesma na área urbana da cidade.


O Liraa apontou que 86% dos focos estão dentro das casas e estabelecimentos comerciais. Por isto, a Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) insiste no apelo à população sobre a importância de dedicar dez minutos por semana para checar as casas. Além disso, os agentes de endemias estão empenhados na vistoria constante das residências, e a aplicação do “fumacê” tem sido realizada para garantir o bloqueio da transmissão da doença.

 

Fonte: Assessoria

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro