Guerreiras de Clara leva bloco inédito para o pré-carnaval 2018 de Juiz de Fora

Guerreiras de Clara leva bloco inédito para o pré-carnaval 2018 de Juiz de Fora

As Guerreiras de Clara marcam presença no Corredor da Folia, pré-carnaval de Juiz de Fora, levando o seu bloco à Praça Agassis, no domingo, dia 28 de janeiro, das 15h às 21h.

Este ano, pela primeira vez com o seu próprio bloco, as Guerreiras contam, na sua apresentação, com a percussão das mulheres da Oficina BatuqueDelas, além de uma banda com convidadas muito especiais.

O evento, gratuito e de fácil acesso, promove também outras manifestações culturais de artistas da
cidade, numa programação bastante diversificada (confira abaixo).

Programação:

15h Início do evento (som mecânico)
15:30h Vinil é Arte (DJ Pedro Paiva)
15:30h "Trupe Tear": tecido acrobático
16h "e Danço" companhia de dança apresenta "Toda mulher"
16:30h "Dandaras e Marias": coletivo feminino de Capoeira.
17h "Guerreiras de Clara" e "Batuquedelas"
19h Vinil é Arte (DJ Pedro Paiva)
20h Som mecânico

Bloco Arteria

Pelo segundo ano consecutivo, as Guerreiras de Clara participam do Bloco Arteria, que lançou a entrada do grupo no Carnaval de Juiz de Fora, em 2017.
O Bloco Arteria acontece no sábado, dia 27 de janeiro, a partir das 14h, na Praça Presidente Kennedy, no bairro Paineiras. As Guerreiras fazem a sua apresentação às 17h.

Guerreiras de Clara

Guerreiras de Clara é um projeto musical nascido em Juiz de Fora /MG com o objetivo de homenagear a grande intérprete da música brasileira Clara Nunes.
Em pouco tempo, o grupo, que é formado exclusivamente por mulheres, se destacou no cenário musical da cidade e região ao empregar a sua identidade singular nos arranjos das músicas que consagraram a carreira de Clara. Com a
proposta de fomentar a nossa cultura, alguns ritmos brasileiros ganham destaque na apresentação, como o ijexá, o samba e o baião.

A contribuição das Guerreiras vai além das apresentações e da inserção da música popular brasileira na comunidade. A valorização da figura feminina é notável e transformada em força criativa na execução e pesquisa do legado musical de nosso país.

Como a proposta das Guerreiras de Clara é colocar, a cada ano, mais mulheres na rua, promovendo o Carnaval de JF, o grupo vem, há mais de um ano, trabalhando em sua estrutura musical, realizando oficinas de percussão em parceria com o projeto “BatuqueDelas”, buscando  agregar à bateria do
bloco mulheres interessadas no fazer musical e na divulgação da música e da cultura popular brasileiras.


 Fonte: Assessoria

Logotipo do Grupo DMI    Logotipo da Agência Formigueiro